Pesquisar este blog

Fases da Lua!!!

sábado, 27 de novembro de 2010

Passeando na moto, com a Música de fundo

Faz um bom tempo que não dou uma postada por aqui...
Tá ! Confesso que a preguiça também não deixou muito ! Pois ando meio que cansada, com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo ! A perda do meu avô no dia do meu aniversário é uma das coisas....
Sem falar nas encrencas que ando me metendo ! Mas enfim....
Um dia desses estava eu sem nada para fazer e de repente me deu aquela vontade de subir na moto com fone de ouvido e sair por aí... Escutando músicas..... Era noite (como sempre é) E por incrível que pareça uma música começou a tocar.... Danger- Keep Away do Slipknot...
Achei interessante simplesmente por ela ser estranha, lenta e.... Envolvente !
Enquanto me perdia em pensamentos, adivinhem quem aparece do meu lado em outra moto ? (Não! Nem chegaram perto!)... Ele... o Tal cara que comentei no Post lááá embaixo.. Aquele que me deixou sem o nome dele.. Mas que sabia do meu... o que achava que era vampiro ! ... Com o susto me desequilibrei da moto e caí na estrada vazia... Ainda bem que estava devagar ! E é claro que ele parou para me ajudar...
- Lembra de mim ? - perguntou ele.
- Mas é claro ! Eu te reconheci pela tatuagem a moto. - Disse me levantando enquanto ele pegava a minha moto caída no chão !
- Se machucou ? - Perguntou.
- Não, não.. Estou bem ! - disse rodopiando para ele ver que realmente eu não precisava de um hospital.
   E lá ficamos... conversa vai e conversa vem... Ele acabou reparando no meu visual novo (cabelos e tal) e riu...
- O que foi ? - perguntei constrangida.
- Nada... Ficou legal ! - ele disse apontando pro cabelo !
- Valeu ! E você não mudou nadinha também .. - disse...  - Melhor eu ir ! Tenho certas coisas a resolver... - Ele não disse nada, mais também não riu.. Ficou mais sério do que nunca ...
   Acontece que quando eu ia ligar a moto ela não funcionou, e agora ? Como eu ia voltar para casa ? Eu estava no meio da estrada, deserta... Somente eu e ele...
- Tem uma oficina aqui perto.. Sobe aí e traz sua moto te levo lá... - Ele ligou a moto.. Eu subi... Confiava nele... Pois não era a primeira vez que ando de moto com ele não é verdade ?
 Chegando na oficina o cara super estranho começou a.... não só Analisar a moto, como a me analisar (se é que me entendem)... Quando ele vinha para cima de novo o salvador chega !
- Qual é cara ? Justo na minha frente ? - Disse o.... eu não sei o nome dele... como o chamarei ? Pode ser de Vlad ? rsrsrs, não sei não...mas vai ser Vlad !
- O que ela é para você cara ? - perguntou o mecanico ...
- Err... - o Vlad me olhou
- Namorada ! - respondi depressa...
- Hum... - disse o mecânico... - E o que você vai fazer se... Eu pegar ela ? - ele me puxou pelo braço e me deixou presa em uma chave de braço com uma faca na garganta ...
  Foi o que bastou para oVlad se irritar, do nada ele aparece atras do Mecânico dando um chute na perna dele que o fez cair... O mecânico veio para querer me pegar novamente, e não sei como eu fiz, mais dei um mortal para tras, um dos meus pés pegou na faca da mão dele fazendo a faca ir para o ar... E o Vlad a pegou ...
- Concerta logo essa moto... - disse o Vlad ameaçando o mecânico com a faca..
- Ok ok calma aê galera ! - o mecânico pegou minha moto, e não demorou muito para que ela estivesse pronta ! Fomos embora sem pagar o mais rápido possível ....
   Chegando quase perto da cidade novamente eu parei a moto... Ele perguntou se eu estava bem, eu disse que sim... Apenas queria agradecê-lo...
- Que nada... Formamos uma bela dupla ! - disse ele...
- Vou  voltar a te ver ? - Perguntei esperançosa...
- Em breve... Agora parece que minha moto nao esta funcionando muito bem.. Vou voltar para aquela oficina .
- Quer que eu vá com você ? - perguntei querendo ser educada..
- Não precisa..está tudo bem.. Vá para casa, escutando Slipknot !! - disse ele indo embora... Me senti um pouco mal por deixá-lo ir sozinho..
  

     Só sei que no dia seguinte quando olho para o jornal me deparo com a manchete da Capa:
" HOMEM DE OFICINA DE ESTRADA, CUJA NOME NÃO FOI DIVULGADO. FOI MORTO ONTEM, PELA MADRUGADA ! "

- Foi ele ! - a última coisa que conseguir dizer... E sabe o que eu fiz ? Nada... eu ri !!

Kisses
Ocorreu um erro neste gadget